USP oferece curso que discute corrupção na administração pública

Faculdade de Direito prepara profissionais para aplicar programa de Compliance em empresas públicas e privadas

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O combate à corrupção é um assunto que diz respeito não só a governos, mas também a empresas. Pensando na contribuição que a Universidade pode oferecer a essa discussão, um curso de mestrado e doutorado de Corrupção na Administração Pública será ministrado na Faculdade de Direito. Gustavo Justino de Oliveira, professor de Direito Administrativo da Faculdade de Direito da USP, conta que o foco do curso serão os programas de Compliance administrados em empresas públicas e privadas.

O Compliance diz respeito às regras jurídicas e éticas cotidianas de uma empresa, que devem ser cumpridas por todos os colaboradores, da base ao topo. O objetivo dos programas de Compliance é identificar e monitorar riscos na atividade empresarial que podem levar a fraudes e práticas de corrupção. Para que esses programas sejam eficientes, é preciso instrumentos e ferramentas de análise modernas e atualizadas, afirma Justino.

A tecnologia da informação contribui com esse controle através de monitoramento contínuo, uso de big data, estruturação de canais de denúncia e outros métodos. O professor diz que a Universidade tem, portanto, papel fundamental na troca de conhecimentos e realização de pesquisas que busquem a prevenção, o combate e a contenção da corrupção. 

Jornal da USP, uma parceria do Instituto de Estudos Avançados, Faculdade de Medicina e Rádio USP, busca aprofundar temas nacionais e internacionais de maior repercussão e é veiculado de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h30, com apresentação de Roxane Ré.
Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93.7, em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular. Você pode ouvir a entrevista completa no player acima.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados