Transações bancárias pelo celular cresceram 28%

Dados do Banco Central revelam que transações nas agências bancárias perdem espaço para as operações pela internet

Por - Editorias: Atualidades, Rádio USP
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Cada vez mais o brasileiro usa a tecnologia móvel para realizar suas transações bancárias.  O computador pessoal ainda é o preferido, com 33% das operações realizadas. Mas o celular tem crescido muito. No ano passado foram 16,7 bilhões de transações feitas por equipamentos móveis, como o celular, modalidade que já responde por 28% das operações.

Usuário fazendo transação bancária pelo celular – Foto: Cecília Bastos / USP Imagens

Os dados foram revelados pelo Banco Central. Até o internet banking, que crescia 20% ao ano, tem perdido espaço. No ano passado, cresceu apenas 3% enquanto os celulares cresceram entre 40% e 50%. De acordo com o Banco Central, agências e postos de atendimento continuam perdendo espaço. Em 2016, foram pouco mais de 8 bilhões de transações bancárias, metade daquelas realizadas pelo celular.

Para o professor Edgard Monforte Merlo, da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (Fearp) da USP, essa é uma tendência irreversível. Para ele, por um lado, as operações bancárias pela internet ficam cada vez mais seguras, o que atrai as pessoas, mas, por outro, o uso da tecnologia esconde um perigo: fica mais difícil controlar as finanças pessoais.

Por Ferraz Junior

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados