Tornar o cliente “rei” é saudável?

Personalização de serviços tende a minar boa parte das relações sociais

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

cab_luli

.

Técnicas de marketing, integração de bancos de dados e sistema de big data ajudam a fazer com que o marketing fique cada vez mais sofisticado e personalizado. A sensação é como se o indivíduo estivesse lidando com o vendedor que conhece muito bem seus hábitos.

Dessa forma, temos um consumidor mais frágil e menos resistente a qualquer oferta, reflete Luli Radfahrer. Esses serviços personalizados tendem a favorecer o pequeno comerciante devido ao “calor humano” e à proximidade com o cliente.

O maior problema da personalização, de acordo com o colunista, é que, além de isolar as pessoas, acaba restringindo os horizontes para novas descobertas e experiências.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados