Taxa de desemprego mostra primeiro recuo significativo

Cerca de 1,3 milhão de trabalhadores voltaram ao mercado de trabalho entre abril e junho

Por - Editorias: Atualidades
Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), revela que o desemprego ficou em 13% no trimestre de abril a junho deste ano. A taxa caiu em relação ao trimestre anterior. De janeiro a abril, a taxa de desemprego ficou em 13,7%. O que chama a atenção desta vez é o fato deste ter sido o primeiro recuo trimestral significativo desde o trimestre encerrado em dezembro de 2014.

O número de pessoas com trabalho foi de 90,2 milhões entre abril e junho e revela um aumento de 1,4% em relação ao trimestre anterior. Isto significa que o mercado de trabalho absorveu mais 1,3 milhão de pessoas. O índice mostra que a retomada da economia entra num ritmo de normalidade, situação que deve se consolidar ao longo deste segundo semestre e em 2018. A análise é do professor Luciano Nakabashi, da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (Fearp) da USP. A Pnad Contínua pesquisou 211.344 casas em cerca de 3.500 municípios brasileiros.

Por Ferraz Junior

Foto: Breno Pataro / Prefeitura de Belo Horizonte via Flickr – CC

.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados