Somália é alvo preferencial do terror

Um dos países com mais atentados terroristas no mundo, a Somália enfrenta disputas por seu território

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

No dia 14 de outubro, ocorreu o ataque terrorista mais letal da Somália. Foram 358 mortos e centenas de feridos após a explosão de dois veículos-bomba em Mogadíscio, capital do país. O grupo terrorista Al Shabab é acusado de ser responsável pelo atentado. O grupo é wahabista, ou seja, segue uma vertente radical do islamismo. O país ainda sofreu um novo ataque no dia 28 de outubro.

Em entrevista à Rádio USP, o professor Daniel Duarte Flora Carvalho, doutor pelo Instituto de Relações Internacionais (IRI) da USP, explicou o contexto histórico da Somália para a compreensão do atual cenário do país. Após enfrentar guerras civis, o Estado da Somália foi desintegrado. Seu território se tornou alvo de disputa entre diferentes grupos armados.

Para entender mais sobre a questão, ouça o áudio acima.

 

 

 

 

 

 

 

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados