Sinal de alerta na economia argentina causa preocupação

O embaixador Rubens Barbosa faz uma análise do atual cenário econômico da Argentina, que passa por momento difícil

  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  

A Argentina vive um momento de turbulência em sua economia, e, a exemplo do que ocorre com a de outros países emergentes, sofre com a influência de fatores externos – no caso, a decisão do governo norte-americano em aumentar as taxas de juros e valorizar o dólar, o que acaba provocando um efeito de desvalorização das moedas nos países em desenvolvimento. Na Argentina, o peso sofreu uma desvalorização de 10% do fim de dezembro do ano passado para cá.

Segundo o embaixador Rubens Barbosa, a situação por lá ficou mais complicada porque houve uma queda importante nos investimentos. A taxa de juros está em 33% e houve queda no crescimento. Como o peso continua a se deteriorar, o sinal amarelo de alerta está aceso, e a credibilidade da política econômica do governo argentino está afetada. Rubens Barbosa define a situação como preocupante e complicada e acredita que deva haver algum impacto sobre o Brasil, principalmente no tocante às exportações para a Argentina.

Ainda como consequência dessa situação, a percepção externa sobre a América do Sul também sai prejudicada, com a consequente queda dos investimentos externos. O colunista espera que a atual situação econômica na Argentina não contamine o Mercosul.

  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados