Sinais de quem comete suicídio nem sempre são claros

Ato de tirar a própria vida segue como tabu na sociedade e muitas vezes é relacionado a doenças mentais

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail
Muitos são os sinais que podem ser manifestados por quem pretende tirar a própria vida – Foto: Pixabay / CC0 Public Domain via MabelAmber

Em entrevista para a Rádio USP, a coordenadora do Laboratório de Estudos sobre a Morte do Instituto de Psicologia da USP (LEM-IP), Maria Júlia Kovács, conversou a respeito do suicídio, uma questão delicada e tabu na sociedade.

Na entrevista, a professora explica que muitos são os sinais ou indícios que podem ser manifestados por quem pretende tirar a própria vida, mas nem sempre eles são percebidos por aqueles que convivem com essas pessoas. “De repente a pessoa se isola, apresenta um humor mais depressivo, começa a falar sobre a vida não ter mais sentido e pode deixar várias coisas resolvidas ou encaminhadas”, mas se analisados isoladamente, tais sinais não se mostram como motivações obrigatórias que levam o indivíduo ao suicídio.

Ela também fala mais sobre o LEM-IP, que aborda várias questões ligadas à morte e contribui para a formação de recursos humanos, seja na graduação, na pós-graduação ou em cursos de extensão para profissionais na área de saúde e educação.      

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados