Será que vemos a realidade como ela é?

Tudo que temos e vivenciamos por realidade são na verdade simulações de computador. Ouça na coluna de Ciro Marcondes Filho

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

colrs_ciro_marcondes

logo_radiousp790px

Foto: Divulgação/Warner Bros. Entertainment
Foto: Divulgação/Warner Bros. Entertainment

O construtivismo radical de Donald Hoffmann, cientista cognitivo da Universidade da Califórnia, afirma que tudo no nosso mundo é mera ilusão. As pessoas acreditam na sua própria realidade diária, sem ter que lidar com a matriz escondida que está oculta atrás de tudo. Assim, a evolução tem nos moldado com as percepções que nos permitem sobreviver.

Quando a pessoa vê algo que acredita que é sólido, ela não pode ter certeza de que a coisa poderá estar lá. De acordo com Hoffmann, “na verdade estamos construindo tudo que vemos. Nós construímos o que precisamos no momento de maneira seletiva”.

Tudo que temos e vivenciamos por realidade são na verdade simulações de computador. Alguns cientistas acham que estamos capturados por essas simulações. Foi formulada, inclusive, a teoria da simulação – ideia de que seres humanos seriam involuntariamente apenas caracteres computacionais de outras pessoas. Muitos indivíduos do Vale do Silício tornaram-se obcecados com a hipótese da simulação. O que vivenciamos como realidade é de fato fabricado em computador. Para os cientistas, esse fenômeno destrói toda a magia.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados