São Paulo é de todos nós

A metrópole que tem a cara, o sonho e os desafios de 12 milhões de habitantes

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn1Print this pageEmail

20170124_saopaulo_gde
Foto: Cecília Bastos/USP Imagens

.

O Jornal da USP e a Rádio USP apresentam uma série de reportagens e artigos para comemorar os 463 anos de São Paulo. A metrópole que tem a cara, o sonho e os desafios de 12,4 milhões de habitantes. Gente que vem de todos os países do planeta, na qual quem “dá um abraço ganha dois”. Refugiados da Síria, da Nigéria, do Haiti e de outros lugares chegam por aqui em busca de dignidade e cidadania. Especialistas da Universidade de São Paulo  falam de arte, história, saúde, arquitetura e urbanismo

..

.

..

Tem nome de santo, mas em tudo é uma cidade humana

A São Paulo de 12,4 milhões de habitantes acontece no coração dos arquitetos, urbanistas e artistas da FAU USP
Por Leila Kiyomura

Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Foto: Marcos Santos/USP Imagens

.

“É como se fosse uma imensa pessoa com aspectos bons e ruins também. Todos os temos. São Paulo tem nome de santo, mas é uma cidade essencialmente humana. Ela reflete a bondade e também a maldade que está em cada um de seus 12,4 milhões de habitantes…

Com essa observação, o professor, Bruno Padovano, titular da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, admite que, sem querer parodiar Caetano Veloso em Sampa, sente algo diferente quando cruza a Ipiranga com a avenida São João. Importante lembrar que o professor também é músico e compositor. E como coordenador científico do Núcleo de Pesquisa em Tecnologia e Urbanismo (Nutau) da USP, faz questão de homenagear São Paulo em seus 463 anos analisando os traços que compõem o rosto da cidade. Leia mais

 

No Metrô de São Paulo a arte esbarra nas pessoas

Crítica de Arte Simone Rocha Abreu propõe um percurso mais atento pelas estações do Metrô

Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Foto: Marcos Santos/USP Imagens

.

O projeto Arte no Metrô teve origem na reurbanização da Praça da Sé para a construção da estação de mesmo nome. Naquela ocasião, a Prefeitura da cidade decidiu instalar diversas esculturas na praça. Este foi o terreno fértil para desenvolver o debate acerca da relevância da arte pública e dessa discussão surgiu a proposta de obras de arte serem colocadas em todas as estações do Metrô. À frente deste projeto esteve, por anos, Radha Abramo, crítica de arte consciente de que o usuário do Metrô não pararia diante das obras, mas colheria fragmentos das mesmas durante o seu caminho rumo ao trem e essa experiência, muitas vezes cotidiana, é significativa e propulsora da criatividade, uma vez que os diversos fragmentos, entre cores, formas e significância, são captados e serão reorganizados na memória de cada usuário. Leia mais

 

Uma cidade que as histórias vão desenhando

Por Alecsandra Matias

Foto: Cícero dos Santos
Foto: Cícero dos Santos

.
Inicialmente um triângulo, que saltou para além do Vale Anhangabaú e criou um reticulado (…). Depois, com os primeiros bairros modernos, Pacaembu e Jardins, criou-se o oitavado (…). E depois todos esses padrões, com suas anomalias, se projetaram para uma névoa de bairros periféricos que substituíram os subúrbios modestos e bucólicos da época anterior a 1954. De repente, esse sistema de loteamentos populares se amplia; se desdobra e vem uma estrutura nebular no entorno do tentacular.
Aziz Ab’Saber

A cartografia de São Paulo é mediada por muitos desenhos, como lembra Aziz Ab’Saber, no início triangular; depois reticulado; oitavado e, hoje, nebular. Todos esses desenhos, delimitados por monumentos, bens patrimoniais e determinantes históricos, constituíram a cidade contemporânea. Leia mais

….

.

Foto: Cecília Basto/USP Imagens
Foto: Cecília Bastos/USP Imagens

São Paulo,
uma cidade em construção

A cidade se reestruturou sobre si mesma, de acordo com as necessidades, avalia Guilherme Wisnik

logo_radiousp790px

Foto: Adauto Nascimento/HRAC
Foto: Adauto Nascimento/HRAC

A saúde em São Paulo está bem consolidada, segundo Paulo Saldiva

Para o professor, em relação à saúde, São Paulo está longe de ser um paciente terminal

logo_radiousp790px

.

.
Museus da USP celebram aniversário de São Paulo

Confira as atividades que serão realizadas em comemoração à data

Atendendo aos principais objetivos da Universidade – buscar conhecimento, através da pesquisa e do ensino, e disseminá-lo pela sociedade -, os museus da USP são, hoje, além de referências, lugares que oferecem a chance de pessoas que estão fora da instituição se aproximarem daquilo que é produzido nela. Para celebrar o aniversário de São Paulo e da Universidade, listamos aqui atividades que serão realizadas pelos museus em comemoração à data ou que podem ser apreciadas no dia.  Leia Mais

.

Visita guiada em atividade realizada pelo MAV anteriormente Foto: Divulgação/MAV
Foto: Divulgação/MAV

Museu de Anatomia Veterinária 

.

Atividade guiada realizada anteriormente pelo MAC Foto: Divulgação/MAC
Foto: Divulgação/MAC

Museu de Arte Contemporânea 

.

Parte da exposição Biodiversidade: conhecer para preservar Foto: Marcos Santos/USP
Foto: Marcos Santos/USP

Museu de
Zoologia

.

Atual fachada do Edifício-Monumento, com a exposição Estamos Aqui! Consciência Negra Foto: Divulgação/Museu Paulista
Foto: Divulgação/MP

Museu
Paulista

.
.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn1Print this pageEmail