São Paulo, cidade musical

São Paulo já produziu muita música para o País e o mundo ouvir

Por - Editorias: Atualidades, Rádio USP
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Acompanhe a entrevista da jornalista Silvana Pires com o maestro José Gustavo Julião de Camargo (Departamento de Música da FFCLRP-USP):

logo_radiousp790px

00_zero

Bairro do Brás, com visão a partir da Estação Brás do Metrô, é atendido por três linhas da CPTM - Foto: Rafael-CDHT via Wikimedia Commons
Bairro do Brás, com visão a partir da Estação Brás do Metrô, é atendido por três linhas da CPTM – Foto: Rafael-CDHT via Wikimedia Commons

Muitos pensam ser a cidade do Rio de Janeiro, mas, na verdade, a cidade mais cantada em prosa e verso é São Paulo, a que mais inspirou compositores a retratarem seus cenários e paisagens, seus costumes e hábitos, seus moradores e suas curiosidades. No total – segundo um especialista em música paulistana -,  são mais de 3 mil canções sobre a cidade que completou, na quarta-feira (25), 463 anos.

A música mais antiga sobre a capital foi composta em 1750. O compositor que mais cantou São Paulo foi Itamar Assumpção, seguido por Adoniran Barbosa, autor de Trem das Onze Da mesma forma, o bairro do Brás foi aquele que mais inspirou os compositores.

Nesta entrevista, que fecha a série especial sobre o aniversário da cidade, a repórter Silvana Pires conversa com o maestro José Gustavo Julião de Camargo do Departamento de Música da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP de Ribeirão Preto (FFCLRP-USP), sobre a trajetória da música em São Paulo.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados