Ribeirão Preto teve a gasolina mais cara em 2017

Estudo compara preços de seis cidades do Estado: São Paulo teve a gasolina mais barata entre os municípios analisados

Por - Editorias: Atualidades, Rádio USP

Um estudo do Centro de Pesquisa em Economia Regional (Ceper), vinculado à Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (Fearp) da USP, comparou os dados de seis municípios de pequeno, médio e grande portes e constatou que Ribeirão Preto foi a cidade paulista onde os preços médios de venda da gasolina foram os mais altos em 2017.

Foram analisados os preços de combustíveis de São Paulo, Campinas, Ribeirão Preto, Franca, São José do Rio Preto e Araraquara. No ano passado, o  preço médio da gasolina em Ribeirão Preto foi de R$ 4,15. O mais baixo entre as cidades pesquisadas foi de R$ 3,88, praticado na capital.

O professor Luciano Nakabashi, coordenador do estudo divulgado no Boletim do Setor Sucroalcooleiro, analisou o preço dos combustíveis e como ele é composto. Para ele, os preços finais, para o consumidor, seguem a lei do mercado da oferta e procura. A mudança da política de preços adotada pela Petrobras, na análise do professor, fez o preço dos combustíveis subir na segunda metade do ano passado de forma mais acelerada.

Para este ano, a tendência é de queda no preço principalmente do etanol, devido ao fraco preço do açúcar no mercado internacional, o que vai fazer as usinas moerem mais cana para produção de etanol, aumentando a oferta do produto.  Ouça a entrevista no link acima.

Por: Ferraz Junior

Textos relacionados