Retomada da economia pode não recuperar a construção civil

Ubiraci Espinelli Lemes de Souza ressalta importância de parceria com universidades para o País voltar a crescer

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn2Print this pageEmail
Foto: Dênio Simões/ Agência Brasília

Ubiraci Espinelli Lemes de Souza, professor do Departamento de Engenharia de Construção Civil da Escola Politécnica da USP (EP), afirma que o setor foi especialmente afetado pela crise, mas que a partir da retomada da economia brasileira é esperado um aumento da produtividade, a  partir da disponibilidade de um conjunto de equipamentos ociosos, que atualmente está nas mãos dos construtores e, por vezes, nas mãos de empresas.

Mesmo não acreditando que a retomada da economia supere os níveis de construção que o Brasil possuía em anos anteriores, ele admite que os equipamentos serão um facilitador para que o País retome, assim que as condições políticas e econômicas permitirem, os rumos da produção.

O professor acredita que este é o momento de empresas e pessoas melhorarem seus conhecimentos, através da parceria com a universidade na produção de conhecimento, e que esta tem que cumprir o papel de ajudar na recuperação da economia, para que o País volte a crescer de uma maneira melhor do que se faz em países com um nível mais elevado de eficiência, em comparação com o Brasil.

Ouça a entrevista na íntegra.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn2Print this pageEmail

Textos relacionados