Relação do Brasil com a inovação é tema de evento na FEA

“SciBiz” discutirá o vínculo das universidades com empresas privadas e seu papel no desenvolvimento nacional

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

jorusp

“Todo ecossistema de inovação maduro no planeta tem as universidades como atores-chave.” A opinião é do professor Moacir de Miranda Oliveira Júnior, chefe do Departamento de Administração da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) da USP e coordenador do Science Meets Bussiness. Pensando em ampliar as discussões sobre a relação do Brasil e suas universidades com a inovação e a geração de tecnologia, nos dias 22 e 23 de março a FEA sediará o SciBiz.

Segundo o professor, o momento atual vivido pelo mundo é de “economia do conhecimento”. A geração de riqueza e o desenvolvimento de um país se relacionam intimamente com sua capacidade de gerar tecnologias. Para Moacir, o Brasil tem mostrado avanços nesse sentido, mas ainda apresenta baixos investimentos em inovação. O evento se põe, então, como uma das formas de ampliar o debate, visando à colocação do País na rota dessa tendência mundial.

Ainda segundo o coordenador do SciBiz, é preciso acabar com o “preconceito” contra as relações entre universidades e empresas privadas. Essas associações se dão com investimento e fomento à inovação e servem à sociedade, avalia Moacir. O evento pretende atuar nesse sentido, mostrando que esse vínculo representa um círculo virtuoso. Informações sobre a programação, os palestrantes e as inscrições podem ser encontradas no site do evento.

Jornal da USP, uma parceria do Instituto de Estudos Avançados, Faculdade de Medicina e Rádio USP, busca aprofundar temas nacionais e internacionais de maior repercussão e é veiculado de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h30, com apresentação de Roxane Ré.

Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93.7, em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular. Você pode ouvir a entrevista completa no player acima.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados