Regras do mercado emperram as micros e pequenas empresas

Micros e pequenas empresas geram riqueza equivalente a 27% do PIB nacional

Por - Editorias: Atualidades, Rádio USP
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn1Print this pageEmail

Ouça a entrevista de Carolina Silva Campos ao jornalista Ferraz Junior, da Rádio USP de Ribeirão Preto:

logo_radiousp790px
.

Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

O Brasil tem oito milhões e 900 mil micros e pequenas empresas, volume que representa nada menos do que 99% de todas as empresas do País.

Elas geram riqueza equivalente a 27%  do PIB nacional. São responsáveis por 52%  dos empregos gerados com carteira assinada e pagam 40%  dos salários. Os dados são do Sebrae de 2014, o último levantamento do órgão, com números coletados a partir de 2011.

Esse cenário revela grandeza, mas esconde uma grave realidade. A dinâmica dos negócios para o setor poderia ser melhor, apresentar resultados mais relevantes para as micros, pequenas e médias empresas. Isso só não acontece porque elas estão fadadas a continuar pequenas pelas atuais leis de mercado de negócios, segundo Carolina Silva Campos, mestranda da Faculdade de Direito de Ribeirão Preto.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn1Print this pageEmail

Textos relacionados