Rede elétrica subterrânea melhora estética e segurança da cidade

Para urbanista, enterramento de cabos traz vantagens funcionais e necessita de políticas consistentes

Por - Editorias: Atualidades, Rádio USP
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn4Print this pageEmail

No mês de agosto, a Prefeitura de São Paulo anunciou o enterramento de 52 quilômetros de fiação elétrica no município. A extensão corresponde à remoção de mais de 2 mil postes distribuídos em 117 ruas de sete distritos do centro da capital: Consolação, Bela Vista, República, Santa Cecília, Jardim Paulista, Bom Retiro e Brás.

O professor e urbanista Bruno Roberto Padovan, da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da USP, analisa as vantagens estéticas e funcionais da reforma e analisa a gestão e financiamento dessa mudança, que já foi feita em cidades de países desenvolvidos.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn4Print this pageEmail

Textos relacionados