Raquel Rolnik discute o legado urbanístico da Olimpíada

Os investimentos realizados em prol da Olimpíada realmente atendem às prioridades de uma cidade como o Rio de Janeiro ?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

logo_radiousp790px

Qual o legado que os jogos olímpicos deixam para a cidade do Rio de Janeiro ? É sobre esse tema que a professora Raquel Rolnik discorre em sua coluna “O Capital da Cidade”. Ela admite que o Rio recebeu, graças à Olimpíada, uma série de benefícios (corredores de ônibus, reforma da área portuária), mas pergunta se esses investimentos realmente atenderam às prioridades da população e da cidade.

O investimento em transporte coletivo viabilizou, basicamente, a ligação com o local dos jogos, concentrados na região da Barra da Tijuca. No entanto, a região da Baixada Fluminense continua sofrendo com os congestionamentos na avenida Brasil.

Ela também analisa as reformas realizadas na área portuária do Rio,  que demandaram altos investimentos. Para a professora, tem muito de marketing no legado urbanístico que os jogos olímpicos deixam para a Cidade Maravilhosa.

Foto: Paula Johas/ Fotos Públicas
Foto: Paula Johas/ Fotos Públicas

 

 

.

.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados