Qualidade do cinema nacional não tem relação com a queda do público

Professor da Escola de Comunicações e Artes fala sobre o cinema em 2017 e as indicações ao Oscar

  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  

A Ancine divulgou o relatório do cinema brasileiro em 2017, ano em que mais se produziu filmes nacionais na história. Foram 158 títulos produzidos, um aumento de 11,3% quando comparado ao ano anterior.

Apesar disso, houve queda de 42,8% no público, além de ausência de indicações diretas ao Oscar.

Em entrevista à Rádio USP, o diretor e roteirista Rubens Rewald, que é também professor de Dramaturgia Audiovisual da Escola de Comunicações e Artes da USP, falou sobre os dados divulgados pela Ancine e a respeito do cinema nacional.

Ouça acima.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados