Professor fala sobre possível fusão entre Boeing e Embraer

Claudio Lucinda, da FEARP-USP, explica o contexto da ideia de fusão e fala sobre as possibilidades daqui em diante

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Embraer, principal empresa de aviação brasileira, e a Boeing, uma das maiores multinacionais da área, estudam uma fusão entre si.

Em entrevista à Rádio USP, Claudio Lucinda, professor de Economia na Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto da USP, explicou o contexto em que a ideia da fusão nasceu.

Historicamente, existiam dois segmentos: jatos de grande porte e jatos médios. Para jatos internacionais, a Boeing e a Airbus eram as fabricantes mais cotadas, enquanto, para jatos regionais, Embraer e Bombardier. A partir do acordo fechado entre Airbus e Bombardier, não está descartado o  surgimento de uma nova tendência nesse mercado.

Ouça no link acima.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados