Produção mineral brasileira pode gerar mais riqueza para o País

Evento do IEA discute formas sustentáveis de aproveitar a potencialidade do solo do Brasil através da tecnologia

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

jorusp

O potencial geológico do solo brasileiro é equiparável ao de países que se destacam internacionalmente por sua produção mineral. Apesar dessa abundância de recursos, a riqueza gerada pela produção de minérios no Brasil ainda é relativamente baixa. Para debater o tema, o Instituto de Estudos Avançados (IEA) da USP promove, no próximo dia 16, o Diálogo sobre Cooperação Tecnológica – Transformando Recursos em Riquezas.

Caetano Juliani, professor do Departamento de Geologia Sedimentar e Ambiental da USP, é um dos conferencistas convidados para o evento. Juliani avalia que o potencial brasileiro deveria estar sendo convertido em riqueza para o País, o que não acontece, dentre outros motivos, por falta de estímulo à pesquisa científica na área e por carência de desenvolvimento e aplicação de tecnologias de levantamento geológico.

Pesquisador propõe método para diminuir o consumo de combustíveis fósseis em minas – Foto:: José Cruz/Agência Brasil

O professor comenta, ainda, que a aplicação de políticas equivocadas desestimula a exploração mineral, como é o caso da norma que impede que a empresa descobridora de um depósito de minérios seja prioritária na sua exploração. Antes, o ímpeto pela descoberta de novas áreas geológicas partia de empresas pequenas, que, com a lei, diminuíram seus investimentos.

Essas e outras questões serão tema de discussão na próxima sexta-feira, dia 16, às 9h. Os interessados devem se inscrever pelo site do IEA. Aos que quiserem acompanhar pela internet, haverá transmissão ao vivo pelo www.iea.com.br/aovivo.

Jornal da USP, uma parceria do Instituto de Estudos Avançados, Faculdade de Medicina e Rádio USP, busca aprofundar temas nacionais e internacionais de maior repercussão e é veiculado de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h30, com apresentação de Roxane Ré.

Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93.7, em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular. Você pode ouvir a entrevista completa no player acima.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados