Poli recruta voluntários para testar conforto em aviões

O Projeto Conforto de Cabine é uma parceria com a Boeing que vai avaliar a comodidade dos passageiros em voos simulados

logo_radiousp790px

Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Réplica de cabine usada no estudo – Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Uma parceria da Escola Politécnica da USP com a Boeing vai avaliar o conforto oferecido aos passageiros em aviões. Além do espaço disponível, uma série de questões serão levantadas, como o barulho e a temperatura durante os voos. Para isso, o Centro de Engenharia de Conforto (CEC) da Poli está recrutando voluntários que embarcarão em simulações de voo para avaliar condições de conforto. Os testes serão realizados no início de setembro. As simulações serão feitas em uma réplica de cabine com 30 assentos, instalada dentro de uma câmara de pressão. A ambientação inclui até espera em sala de embarque e serviço de bordo feito por um comissário profissional.

A repórter Marcia Avanza conversou com o professor Jurandir Itizo Yanagihara, do CEC, que explicou a importância desse tipo de pesquisa. Os resultados serão usados para melhorar o conforto de novos modelos de aeronaves da Boeing – um dos maiores fabricantes de aviões do mundo. Os interessados em participar da pesquisa devem enviar e-mail para conforto@usp.br para obter informações. É necessário ter idade acima de 20 anos, experiência recente de voo e boas condições de saúde.

.

.

Textos relacionados