Pesquisa mostra que anabolizantes trazem problemas ao coração

Estudo do Incor mostra que o consumo prejudica o sistema cardiovascular e pode gerar AVC e ataque cardíaco

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Os anabolizantes podem ser utilizados de muitas maneiras. Pessoas com problemas hormonais, como hipogonadismo, o ingerem por necessidade. Mas existem aqueles que usam pelas vantagens estéticas proporcionadas. Muitos estudos já pontuaram o quanto esse segundo uso, em exagero, pode ser prejudicial à saúde. De acordo com Maria Janieire Alves, cardiologista e pesquisadora da Unidade de Reabilitação Cardiovascular e Fisiologia do Exercício do Instituto do Coração do Hospital das Clínicas, uma nova pesquisa mostra que os problemas causados pelo produto atingem também o sistema cardiovascular.

O estudo aponta que quem ingere anabolizantes tem uma maior tendência para a formação de placas nas coronárias, que impedem o fluxo sanguíneo e o suprimento de oxigênio. Essas complicações levam à aterosclerose, doença que pode causar problemas como AVC e ataque cardíaco. A pesquisadora conta ainda que 25% dos jovens, com média de 29 anos, que utilizam esse produto, apresentam essas placas em até três coronárias. Outro fator de risco é que o colesterol bom, ou HDL, além de estar presente em menor quantidade no organismo, também possui sua funcionalidade prejudicada.

O Jornal da USP, uma parceria do Instituto de Estudos Avançados, Faculdade de Medicina e Rádio USP, busca aprofundar temas nacionais e internacionais de maior repercussão e é veiculado de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h30, com apresentação de Roxane Ré. Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93.7, em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular.

Você pode ouvir a entrevista completa no player acima.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados