Para colunista, aprovação da PEC 241 fortalece governo Temer

André Singer entende que a aprovação da emenda, que coloca uma pressão enorme sobre os gastos públicos, deve contribuir para dar estabilidade ao governo Temer

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

00_zero

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia entrega ao presidente do Senado, Renan Calheiros, a PEC aprovada - Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia entrega ao presidente do Senado, Renan Calheiros, a PEC aprovada – Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O colunista André Singer analisa a aprovação, em segundo turno, da PEC 241 pela Câmara dos Deputados sob dois pontos de vista. De um lado, ele acredita que a aprovação dessa emenda constitucional representa uma prova de força do governo Temer; de outro, ele é cauteloso ao considerar o conteúdo da PEC, que propõe uma política de longo prazo de contenção dos gastos públicos. Na opinião de Singer,  apesar de toda a polêmica em torno do assunto, “haverá, sim, uma redução nos investimentos em saúde e educação”.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados