Os jogos paralímpicos e a globalização

Para Dallari, a sociedade precisa se organizar para que as pessoas deficientes possam ter pleno uso de suas potencialidades

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

logo_radiousp790px

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil
Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Os jogos paralímpicos, na opinião de Pedro Dallari, são um exemplo de globalização e cidadania, em que se louva a integração das pessoas com algum tipo de deficiência na prática de atividades que não podem estar restritas apenas às pessoas consideradas normais. Afinal, como observa ele, “não há porque excluir da vida comum aqueles que têm deficiência”. O lado negativo fica por conta da imprensa, que não tem dado à Paralimpíada o merecido destaque.

.

.

.

.

 

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados