OIT: 40 milhões de pessoas são escravas ou vivem situação análoga

De cada quatro pessoas em situação de escravidão, três são mulheres e uma é criança

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn2Print this pageEmail

.
A Organização Internacional do Trabalho (OIT) lançou esta semana dois relatórios sobre a situação da escravidão no mundo. É um documento importante, mesmo porque a OIT, criada em 1919, depois da Primeira Grande Guerra, é mantida e reconhecida internacionalmente. Esse seu mais novo trabalho foi organizado em parceria com a Organização Internacional para Migrações com uma ONG – a Walk Free Foundation. Detecta, por exemplo, que 40 milhões de pessoas em todo o planeta ainda estão em situação escrava e análoga à escrava. Confira o post abaixo e descubra, por exemplo, como está o Brasil diante desse problema que horroriza o mundo em pleno século 21.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn2Print this pageEmail

Textos relacionados