Objetivo da ONU para a saúde tem visão realista, avalia pesquisador

Mais ponderado, o plano nunca usa termos como “acabar” ou “eliminar” tal ou qual flagelo, preferindo o verbo reduzir

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail

cab_jose_eli

logo_radiousp790

Objetivo Global Nº3: Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades
Objetivo Global Nº3: Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades – Foto: Kibae Park/UN

Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 vêm pautando uma série de comentários do professor José Eli da Veiga. Na coluna desta semana, ele trata do ODS de número 3, sobre a questão da saúde, que considera bem mais realista do que o ODS-4, cujo tema é educação.

Apenas três metas do ODS-3 são absolutas: acabar com as mortes evitáveis de recém-nascidos e crianças com menos de 5 anos; acabar com as epidemias de Aids, tuberculose, malária, entre outras doenças negligenciáveis; e assegurar o acesso universal aos serviços de saúde sexual e reprodutiva.

 

 

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados