O confronto entre torcedores e a violência no esporte

Torcedores que partem para a violência física em estádios de futebol parecem não entender que o que está em jogo é apenas isso, um jogo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

logo_radiousp_790px
.

00

Disputa de bola durante o jogo Flamengo/RJ x Corinthians/SP - Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians via Fotos Públicas
Disputa de bola durante o jogo Flamengo/RJ x Corinthians/SP – Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians via Fotos Públicas

Brigas entre torcedores em estádios de futebol tornaram-se um quadro comum na moldura de nossa “santa” violência cotidiana. No último domingo, tivemos mais um exemplo de selvageria explícita durante o jogo entre Flamengo e Corinthians, no Maracanã. Os torcedores parecem se esquecer de que o esporte é uma forma lúdica de enfrentar conflitos e de descarregar tensões sociais. O jogo, explica o professor Renato Janine Ribeiro, é uma maneira de substituir o conflito real por um conflito ritualizado, com regras e limites.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados