Número de mortes causadas por policiais bate recorde em São Paulo

Aumento nos índices de letalidade policial não reflete necessariamente crescimento da criminalidade, diz pesquisador

Só em 2017, 939 pessoas foram mortas por policiais civis e militares em São Paulo. O número é o maior desde 1996, quando teve início a contabilização dos dados. As informações foram divulgadas pela Secretaria de Segurança Pública do Estado.

A Rádio USP conversou com André Zanetic, pesquisador do Núcleo de Estudos da Violência da USP, sobre os motivos que levam a esse aumento nos números da violência, a tendência de resolução desses casos e as perspectivas para o futuro da segurança pública no Estado.

Ouça a matéria completa no áudio acima.

Textos relacionados