Novos acordos aumentam integração do Brasil com o mundo

Acordo “Céus Abertos”, que elimina o limite de voos semanais entre Brasil e EUA, e tratado de livre-comércio entre Mercosul e União Europeia são assuntos da coluna de Pedro Dallari

  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  

Em sua coluna Globalização e Cidadania desta semana, o professor Pedro Dallari discute dois acordos internacionais que têm grandes implicações para a queda de fronteiras entre o Brasil e o mundo.

Aprovado na última semana, o chamado acordo “Céus Abertos” estabelece que a abertura e o fechamento de novas rotas áreas entre Brasil e Estados Unidos passarão a ser livres, de acordo com a decisão das empresas aéreas. Ou, como explica o professor, elimina o limite atual de voos semanais e facilita o fluxo de passageiros. Além dele, os noticiários também destacaram um futuro tratado de livre-comércio entre o Mercosul, o bloco econômico formado pelo Brasil, Uruguai, Argentina e Paraguai, e a União Europeia.

Ambos “são uma expressão clara do que consideramos globalização, ou seja, a introdução de medidas que objetivam facilitar o fluxo de pessoas, mercadorias e capitais entre os países do mundo de modo a se gerar um ambiente mais integrado”, explica Dallari.

Ouça mais clicando no áudio acima.

  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados