Nasa proporciona visita íntima de Juno a Júpiter

Sonda permitiu observar Júpiter abaixo da cobertura de nuvens para investigar origem e evolução do planeta

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

cab_steiner

logo_radiousp790px00_zero

Concepção artística da nave espacial Juno que orbita Jupiter - Imagem: NASA/JPL-Caltech
Concepção artística da nave espacial Juno que orbita Júpiter – Imagem: Nasa/JPL-Caltech

Juno, na mitologia romana, é o nome da esposa de Júpiter e rainha dos deuses. A Nasa buscou reunir o casal quando projetou uma sonda para orbitar o planeta, batizando-a com o nome da ciumenta deusa que transformava as rivais em feras selvagens. A missão não tripulada lançada em 2011 chegou em julho de 2016 até o seu destino, com o objetivo de compreender a origem e a evolução de Júpiter, olhar para o núcleo sólido do planeta, mapear seu campo magnético e verificar a presença de água e amônia na atmosfera local, além de observar auroras. Quem nos conta mais desta missão é o astrofísico João Steiner, em sua coluna “Entender Estrelas”, da Rádio USP, que você ouve aqui.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados