Museus são centrais na cultura, diz Martin Grossmann

Em sua coluna no dia 15 de fevereiro, o professor destacou a importância dessas instituições na contemporaneidade

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

logo_radiousp790px

 

 

 

Foto: Divulgação/ Breimann & Bruun
Humboldt Forum – Ilustração: Breimann & Bruun

Em sua coluna “Na Cultura o Centro Está em Toda Parte”, que foi ao ar no dia 15 de fevereiro pela Rádio USP, o professor Martin Grossmann destacou a importância dos museus para a cultura na atualidade. “São instituições centrais, pensadas para serem universais”, diz Grossmann. Ele aponta também a “resiliência” dos museus, que, mesmo com as mudanças na sociedade contemporânea, mantêm sua centralidade.

O professor abordou também as impressões que teve em Berlim, onde passou quatro meses, recentemente, fazendo pesquisas na área da museologia. “Mesmo numa cidade que viveu momentos até trágicos, como Berlim, a centralidade do museu está evidente e demonstra sua potência com o Humboldt Forum, museu que está em construção e que representará a Alemanha unificada.”

Ouça acima a íntegra da coluna

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados