Mudança de governo em Cuba traz expectativas quanto aos rumos do país

Parlamentares cubanos escolhem em abril o novo presidente do Conselho do Estado, tema da coluna de Rubens Barbosa

Cuba deu início ao processo de substituição da liderança no país, o que deve ser efetivado no dia 19 de abril, quando os parlamentares cubanos escolherão o novo presidente do Conselho do Estado. Depois de 60 anos no poder, a família Castro sai de cena. Raúl Castro deverá ser substituído pelo atual primeiro vice-presidente daquele conselho, Miguel Díaz-Canel. Para o embaixador Rubens Barbosa, é uma mudança importante, principalmente porque o governo de Raúl Castro deu início a um processo de abertura econômica.

“Eu acho que, apesar da saída de Raúl Castro, ele vai continuar a ter muita influência, e o seu principal legado será esse, legado do começo das reformas para uma economia de mercado”, diz o embaixador, o qual, todavia, apesar de elogiar a renovação cubana ao abrir espaço para uma nova geração, mantem-se cauteloso quanto aos resultados efetivos da mudança, ao observar que “em Cuba predomina a influência do Partido Comunista e do Exército”. Ouça a coluna no link acima.

Textos relacionados