Mobilidade urbana não é levada a sério, segundo especialista

Para Erminia Maricato, prefeitura de São Paulo se importa mais com aparência do que com efetividade

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Em meados de setembro, a Secretaria de Mobilidade e Transporte da gestão  do prefeito João Dória pintou duas faixas verdes, exclusivas para pedestres, na rua Joel Carlos Borges, um dos principais acessos de quem vai a pé  à estação Berrini da CPTM, a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos.

Segundo Erminia Maricato, professora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP e ex-secretária de Habitação e Desenvolvimento Urbano do município de São Paulo na gestão de Luíza Erundina, a medida não leva em conta a complexidade dos problemas de locomoção na cidade e parece se tratar apenas de um projeto publicitário.
O Jornal da USP, uma parceria do Instituto de Estudos Avançados, Faculdade de Medicina e Rádio USP, busca aprofundar temas nacionais e internacionais de maior repercussão e é veiculado de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h30, com apresentação de Roxane Ré.
Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93.7, em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular.
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados