Missão Apolo 11: obra de ficção?

“A ciência ou a ficção podem ter subterrâneos sinistros”, diz Ciro Marcondes Filho

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

cab_ciro_marcondes

Foto: Wikimedia Commons
Foto: Wikimedia Commons

A ficção científica pode ser usada para fins políticos? O professor Ciro Marcondes Filho, em sua coluna “Ciência Feliz”, diz que há quem defenda a tese de que o filme 2001, uma Odisseia no Espaço, produção dirigida por Stanley Kubrick, em 1968, tenha inspirado o presidente norte-americano Richard Nixon a montar um “show” semelhante para a missão Apolo 11, ou seja, a tão propalada primeira chegada do homem à Lua não seria mais do que uma obra de ficção.

Da mesma forma, no filme Mera Coincidência, de 1997, um presidente vê suas chances de reeleição irem por terra devido a um escândalo sexual. Qualquer semelhança com personagens reais seria mera coincidência?

logo_radiousp

.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados