Metilona: indução ao canibalismo pode ser caso isolado

A droga, conhecida como sais de banho, ficou famosa após ser relacionada a um caso de canibalismo ocorrido em Miami

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Um pacote de drogas em embalagem travestida de “sais de banho” – Foto: Wakeup Badesalz via Wikimedia Commons / CC BY 3.0

Metilona é uma droga sintética derivada da planta africana khat e traz entre outras sensações a de euforia, ansiedade e alucinações, assim como o ecstasy. A droga, conhecida nos Estados Unidos como bath salts (sais de banho), teve destaque na mídia após ser atribuída a um caso de canibalismo nos EUA –  entretanto, sua relação com o caso nunca foi comprovada.

A Rádio USP conversou com o professor Ricardo Abrantes, do Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Medicina (FM) da USP, sobre os efeitos das substâncias da metilona no organismo e sobre o caso de canibalismo.

Ouça acima na íntegra.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados