Martin Grossmann mostra os quatro eixos culturais de São Paulo

Em sua coluna do dia 23 de novembro, o professor destaca também que a USP tem um papel fundamental na formação e modelagem da cidade

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

logo_radiousp_790px
.

Faculdade de Direito da USP - Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Faculdade de Direito da USP – Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Na coluna que foi ao ar no dia 23 de novembro, o professor Martin Grossmann pensa a cidade de São Paulo de acordo com os “eixos culturais” que a compõem e a modelam.

Um primeiro eixo pode ser identificado na área que abrange o Museu Paulista, o Palácio das Indústrias e o Mercado Municipal. O segundo inclui o Vale do Anhangabaú e a Avenida Tiradentes, onde se localizam a Pinacoteca do Estado, o Centro Cultural Banco do Brasil e o Teatro Municipal. A Avenida Paulista constitui o terceiro eixo. Já o quarto eixo é formado pelas Avenidas Brigadeiro Faria Lima e Luís Carlos Berrini, por onde se estendem instituições como o Instituto Tomie Ohtake e o Museu da Casa Brasileira.

 

Grossmann acrescenta que a USP tem um papel “muito importante” na formação desses eixos, pois ao longo de décadas vem formando profissionais que contribuem decisivamente para o desenho da cidade. O Hospital das Clínicas – o maior complexo hospitalar da América Latina – e a Faculdade de Direito, de onde saíram prefeitos e até presidentes da República, são dois exemplos disso.

Ouça, no link acima, a íntegra da coluna de Martin Grossmann, que foi ao ar no dia 23 de novembro, às 10h30.

 

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados