Martin Grossmann destaca outros marcos modernistas de São Paulo

Professor cita o Parque Ibirapuera, o Museu de Arte Contemporânea da USP e, ainda, o Aeroporto de Congonhas em sua coluna

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

logo_radiousp790px

 

Museu de Arte Contemporânea - MAC - Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Museu de Arte Contemporânea da USP, no Ibirapuera – Foto: Marcos Santos/USP Imagens

 

Em sua coluna “Na Cultura o Centro Está em Toda Parte”, que foi ao ar no dia 28 de setembro pela Rádio USP (93,7 MHz), o professor Martin Grossmann continuou a apresentar o roteiro “A USP e a São Paulo Modernista”, passeio promovido pela Pró-Reitoria de Cultura e Extensão da USP – dentro do programa Giro Cultural -, que leva os participantes a conhecer os principais marcos modernistas da cidade. Desta vez, Grossmann destaca o Parque Ibirapuera, o edifício do Museu de Arte Contemporânea (MAC) – concebido pelo arquiteto Oscar Niemeyer – e o Aeroporto de Congonhas, também uma referência modernista. “Nós, paulistanos, gostamos muito da nossa cidade, mas geralmente temos só críticas a fazer a ela, e não olhamos para as gerações passadas que tiveram a capacidade de projetar uma cidade para o século 21.”

 

 

.

.

.

 

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados