Manifestações, a pedra no sapato do governo Temer

Para Augusto Rodrigues, no Brasil existe uma tradição de manifestações contra os governos no poder

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

logo_radiousp790px

Manifestação contra o governo Temer, em São Paulo - Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil
Manifestação contra o governo Temer, em São Paulo – Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

O presidente Michel Temer errou ao subestimar os protestos contra ele e seu governo durante entrevista na China, quando disse que as manifestações no Brasil eram coisa de um grupo de cem pessoas. Na verdade, na visão do sociólogo Augusto Rodrigues, as manifestações têm levado às ruas não só petistas descontentes com o impeachment de Dilma Rousseff como também setores da classe média descontentes com o novo governo. Para o colunista, as manifestações tendem a crescer e a pressionar cada vez mais um governo que ainda tem de convencer a população sobre ajustes e reformas que se mostram inadiáveis.

 

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados