Mais empresas poderão entrar no mercado livre de energia

Isso pode reduzir custos para grandes consumidores, mas conta de luz residencial continuará cara, diz colunista

O governo federal planeja fazer várias alterações no setor elétrico: entre essas mudanças estaria uma diminuição no total necessário para uma empresa ser considerada grande consumidora de energia – e essas empresas poderiam escolher o fornecedor de energia elétrica. Com isso, espera-se um aumento na competitividade no setor e diminuição dos preços das tarifas. Em sua coluna desta semana, o professor José Goldemberg comenta este quadro, mas lembra que, ao contrário desses grandes consumidores, os consumidores residenciais ainda devem sofrer aumentos futuros nas contas de luz.

Ouça na íntegra.

Textos relacionados