Livro ajuda a compreender o feminismo na América Latina

Em sua coluna semanal, Ricardo Alexino Ferreira destaca obra que aborda o movimento na Argentina, no Brasil e no Chile

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Um livro lançado em conjunto pela Edusp e pela Fapesp pode contribuir para a melhor compreensão do feminismo na América Latina. Trata-se de “50 Anos de Feminismo: Argentina, Brasil e Chile”, organizado pela socióloga e professora da USP, Eva Blay, e pela também socióloga Lúcia Avelar. Tema da coluna “Diversidades” desta semana, o livro conta com artigos individuais e em conjunto de outros 14 pesquisadores.

Em seu comentário, Alexino Ferreira lembra que Argentina, Brasil e Chile enfrentaram, nos últimos 50 anos, ditaduras militares, tiveram três mulheres como presidentes e estão à procura de suas identidades étnicas, além de terem passado por crises cíclicas significativas. A obra aborda aspectos étnicos, sociais e de gêneros, além de apresentar breves cronologias dos movimentos feministas nos três países.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail