Inteligência artificial ajuda em diagnósticos de doenças

Tecnologia consegue ser mais exata do que médicos no diagnóstico por exame de imagem

  • 19
  •  
  •  
  •  
  •  

A inteligência artificial, que há poucos anos parecia obra de ficção, já é uma realidade e está trazendo grandes mudanças no relacionamento das pessoas com a tecnologia.

Na medicina, a inteligência artificial está sendo usada em várias áreas. Uma delas é o diagnóstico por exames de imagem, como a tomografia. Cientistas dos Estados Unidos, China e Alemanha testaram e descobriram que a inteligência artificial conseguiu ser mais eficaz que o próprio homem na análise desses exames.

Conversamos com professor Renato Tinós, do Departamento de Computação e Matemática da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto da USP. Para ele, a inteligência artificial vai ser usada cada vez mais e está vindo para aprimorar e auxiliar os diagnósticos na medicina, e não para substituir os médicos.

Ouça a entrevista no link acima.

Por: Vitória Junqueira

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 19
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados