Individualismo no trânsito é o grande causador de acidentes

Apesar de bem informados, muitos motoristas mantêm um comportamento irresponsável ao dirigir

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

A Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (ABRAMET) reúne especialistas em Medicina de Tráfego para desenvolver ações, estudos e pesquisas buscando a prevenção de acidentes de trânsito e o tratamento de suas consequências.

Foto: Fernando Frazão / Agência Brasil

O médico Alberto Sabbag, diretor de qualidade profissional da ABRAMET, afirma que a medicina de tráfego tem influência em tudo que cerca o motorista.

Ele destaca, por exemplo, que os estudos sobre as consequências do consumo de álcool deram subsídio para a Lei Seca. Sabbag critica a irresponsabilidade de muitos motoristas brasileiros, em especial a agressividade e o egoísmo tão presentes no trânsito. O médico lamenta a forma individualista como boa parte dos motoristas conduz seus veículos.

Sabbag enfatiza também a importância da fiscalização e os riscos trazidos pelo álcool, o qual não apenas afeta o motorista, como também diminui a probabilidade de sobrevivência do passageiro em acidentes e aumenta as chances de atropelamento.

O Jornal da USP, uma parceria do Instituto de Estudos Avançados, Faculdade de Medicina e Rádio USP, busca aprofundar temas nacionais e internacionais de maior repercussão e é veiculado de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h30, com apresentação de Roxane Ré.

Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93.7, em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular.

.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados