Guilherme Wisnik apresenta “Tropicália” de Caetano Veloso

A música, de 1967, condensa o caráter questionador e revolucionário do movimento tropicalista

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

cab_wisnik

20161005_Caetano_colunistawisnikjpg
Caetano Veloso – Reprodução

Continuando a série de 5 músicas que marcaram a história do Brasil, Guilherme Wisnik traz, na coluna desta semana, a música “Tropicália” de Caetano Veloso. Wisnik ressalta a importância do movimento de contracultura da década de 1960 para denunciar o fundo falso do desenvolvimentismo instalado no Brasil na década anterior. A canção de Veloso, hino dos tropicalistas, evidencia o caráter questionador do movimento que tomava forma.

Wisnik apresenta “Tropicália” a fim de mostrar a virada cultural que se deu nos anos 60, onde a modernidade, a nova capital nacional e o desenvolvimentismo de JK eram questionados pela arte, que apontava novos rumos possíveis para o Brasil.

Ouça a coluna completa de Guilherme Wisnik:

logo_radiousp

 

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados