Quando as humanidades se unem à virtualidade

Em sua coluna, professor destaca arquivos virtuais que reúnem obras dos poetas William Blake e Emily Dickinson

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Em sua coluna que foi ao ar no dia 14 de junho, o professor Martin Grossmann citou dois exemplos de iniciativas que aproximam as humanidades e a alta computação. Um deles é o site Imagine Rio, da Rice University, dos Estados Unidos. Trata-se de um atlas virtual que ilustra a evolução social e urbana do Rio de Janeiro desde o início da colonização, no século 16.

Outros exemplos de uma bem-sucedida união das ciências humanas com a virtualidade, segundo Grossmann, são as plataformas que reúnem os acervos do poeta e pintor inglês William Blake (1757-1827), intitulada The William Blake Archives, e da poetisa norte-americana Emily Dickinson (1830-1886), que em vida não publicou nenhum livro, mas tem sua obra agora disponível na internet, no Emily Dickinson Archive. “É de grande força esse material”, concluiu Grossmann.

Ouça no link acima a íntegra da coluna “Na Cultura o Centro Está em Toda Parte”, do professor Martin Grossmann, que foi ao ar no dia 14 de junho.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados