Gravidez na adolescência ainda é uma realidade no Brasil

De acordo com dados do Ministério da Saúde, quase 305 mil meninas tiveram filhos entre 2005 e 2015

Por - Editorias: Atualidades, Rádio USP
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail


.
Segundo o banco de dados do Ministério da Saúde, que reúne os registros de maternidades e cartórios, quase 305 mil brasileiras, com idades entre dez e 14 anos, tiveram filhos entre 2005 e 2015.  A gravidez nessa faixa etária acontece em todo o Brasil, principalmente nas regiões mais pobres, e alcança os piores índices na Região Norte.

Entre os problemas dessa realidade, está a imaturidade física e biológica das meninas, como explica a professora Rosana Maria dos Reis, da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP.

Os dados também apontam que a taxa de fecundidade nessa faixa etária não tem caído, como acontece com mulheres de 15 a 19 anos  e adultas a partir de 20 anos. Para  reduzir esses  números, a médica Lúcia Alves da Silva Lara, coordenadora do Ambulatório de Sexualidade Humana do Hospital das Clínicas (HCFMRP), afirma que a educação sexual é um trabalho fundamental, principalmente nas escolas.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados