França dá exemplo de como investir na cultura

Gilson Schwartz discorre sobre o “excepcional modelo francês na área de economia da cultura”

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn3Print this pageEmail

O professor Gilson Schwartz da Escola de Comunicações e Artes da USP analisa o orçamento francês de  € 10 bilhões para a cultura em 2018. Trata-se, segundo o colunista da Rádio USP, “de um nível jamais atingido”.

Ele destaca o “vale cultura”, que prevê a liberação de € 500 para gastos pessoais na área. “É uma espécie de renda mínima cultural, que será testada e possivelmente ampliada nos próximos anos.”

 

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn3Print this pageEmail

Textos relacionados