Filme libanês revela o “ódio e ressentimento” do mundo atual

Drama que concorreu ao Oscar “bate num ponto muito sensível”, segundo Guilherme Wisnik

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

O drama libanês O Insulto é tema do comentário de Guilherme Wisnik, professor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP.

“É um dos melhores filmes feitos na atualidade”, opina Wisnik. “Tive um grande impacto ao assistir.”

Indicada ao Oscar 2018 na categoria de Melhor Filme Estrangeiro, a película mostra “como feridas não tapadas permanecem fortes e decisivas, mesmo que, às vezes, invisíveis na sociedade contemporânea”.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados