EUA deixam Brasil de fora de sua visita à América Latina

A decisão norte-americana de não vir ao Brasil é tema da primeira coluna do ano do embaixador Rubens Barbosa

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Em sua primeira coluna do ano, o embaixador Rubens Barbosa lamenta a decisão dos EUA de não incluir o Brasil na agenda que o chanceler norte-americano, Rex Tillerson, está cumprindo na América Latina. Na pauta de Tillerson, há assuntos importantes a serem discutidos, como a crise da Venezuela, a questão das drogas, ou a ameaça representada por China e Rússia, além da Cúpula das Américas, a ser realizada em abril. Os EUA alegam como motivo da recusa o fato de existir uma crise política por aqui e também porque a agenda de discussões não seria importante para o nosso país.

“As duas afirmações não são verdadeiras”, assegura Rubens Barbosa. Segundo o embaixador, o Brasil teria muito a contribuir para as discussões – basta citar como exemplo a crise na Venezuela e a imigração de venezuelanos para o Brasil. Qual a mensagem que os EUA estão querendo passar para o Brasil com essa recusa?, indaga o colunista.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados