Em sistemas veiculares, segurança é a última coisa a ser pensada

No desenvolvimento de sistemas automatizados de controles de automóveis, segurança deixada em segundo plano abre espaço para ataques de hackers

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Está sendo desenvolvido no exterior um sistema de comunicação entre veículos, que funcionaria com o intuito de evitar acidentes em vias públicas, como colisões e atropelamentos. Para além do sistema V2V – vehicle to vehicle, ou veículo para veículo, outros mecanismos de automatização e digitalização de carros têm se tornado cada vez mais populares, o que pode abrir espaço para uma exploração de forma maliciosa dessas ferramentas facilitadoras.

Segundo o professor de Engenharia da Computação e pesquisador de Segurança em Redes Veiculares da Escola Politécnica, Marcos Simplício, os sistemas de automóveis estão cada vez mais similares aos computadores, entretanto, os usuários não possuem poder de acesso para conseguir uma proteção contra hackers, o que deixa na mão das construtoras a preocupação com a segurança do proprietário do veículo.

Acima, ouça a entrevista para a Rádio USP.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados