Diante da crise, convocação de eleição direta é a melhor opção

Situação de anomia da linha sucessória pede uma solução que devolva a legitimidade através do voto

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Foi noticiada a gravação do dono da JBS, em que o presidente Michel Temer dá aval para a compra de silêncio de Eduardo Cunha. Segundo o livre-docente em Direito Constitucional pela Universidade de São Paulo e professor da Faculdade de Direito de Ribeirão Preto, Rubens Beçak, o cenário atual pede que  haja uma modificação da Constituição Federal em benefício da legitimidade política.

Ele explica que, embora a Carta Magna determine a eleição indireta em caso de vacância da Presidência na segunda metade do mandato, a crise chegou em estado de anomia e o ideal é uma escolha democrática através de eleições diretas. Tal mudança deve ser aplicada através de uma emenda constitucional.

O Jornal da USP, uma parceria do Instituto de Estudos Avançados e Rádio USP, busca aprofundar temas nacionais e internacionais de maior repercussão e é veiculado de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h30, com apresentação de Roxane Ré.

Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93.7, em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular.   

 

Share on Facebook24Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados