Desempenho esportivo chegou ao limite, indica pesquisa

Estudo avaliou evolução histórica de mais de 120 anos de desempenho em algumas modalidades

Nesta semana, o professor Paulo Roberto Santiago apresenta dados de estudo recente sobre a probabilidade de o ser humano ter atingido o limite máximo biológico dentro do esporte. O estudo, segundo Santiago, foi publicado no início de 2017 pelo jornal Frontiers in Physiology e engloba a análise de mais de 120 anos a partir da evolução histórica do desempenho de algumas modalidades esportivas tradicionais, como, por exemplo, os 800 metros de corrida, o salto em distância e o arremesso de peso.     

“Até o final do século 20, o ser humano evoluiu e alcançou vários recordes, entretanto, de um tempo para cá, os atletas atingiram o pico de seu desempenho e agora está estagnado. O maior desafio agora está sendo superar esses resultados” diz Santiago.

O professor ressalta que “fatores ambientais e genéticos podem estar afetando a capacidade dos atletas de avançar nesse desempenho”. Ouça, no link acima, a íntegra da coluna do professor Paulo Roberto Pereira Santiago.

Por: Thainan Honorato

Textos relacionados